O Coral

Li em algum lugar que temos 7 inteligências e que TODOS nós podemos explorar cada potencial dentro de nós mesmos… são elas:

1-A Inteligência Interpessoal onde você consegue trazer à tona suas qualidades de uma forma harmônica.

2-A Inteligência Intrapessoal onde você consegue trazer à tona as qualidades dos outros, o que um bom líder faz.

3-A Inteligência Lógica ou Matemática. Númerossssss…

4-A Inteligência Espacial(nada de GPS’s).

5-A Inteligência Musical. SING, SING, SING, SING…

6-A Inteligência Corporal. Onde envolve os Movimentos, sensações, emoções… a dança dos 5 ritmos.

7-A Inteligência Verbal. Onde envolve a Fala, tom, novas línguas, escrita/falada/ouvida…

Percebi que de todas as inteligências citadas, eu estava devendo feio na minha inteligência Musical pois NUNCA trabalhei o canto, a voz, as notas musicais seriamente… posso dizer que sou uma cantora de banheiro. Achei que estava na hora de treinar minha Inteligência Musical.

Engraçado é que a minha Inteligência Espacial é horrível também mas tenho uma boa arena depois que comecei a dirigir, você exercita direitinho. Minha Voz tinha mais urgência.

Achei então no grupo do FB do meu bairro um anúncio de um coral de “Amadores” onde não era necessário ter conhecimentos musicais, você só precisava ter a música no coração e acompanhar o ritmo. Pensei: Perfeito!

Descobri que eles ensaiavam há 600 m de onde eu moro, uma vez por semana, tinham entre 2 e 4 concertos por ano, 1 concerto de Natal, 1 de verão, nada de vender bolo na porta do supermercado para arrecadar fundos e a mensalidade semestral não era das piores… Perfeito… Me inscrevi!

Chegando lá descobri que tanto eu como a dirigente éramos novatas, a jovem dirigente me fez um teste vocal de uns 3 minutos e pimba, EU SOU SOPRANO… como, se nunca cantei, trabalhei minha voz? Lembro que voltei para casa naquele dia como se tivesse sido Iluminada, rs.

Continuei a ir para os ensaios mas percebi rapidinho que aquele coral não tinha muita coisa de amador pois a grande maioria sabia ler partitura e já estavam ensaiando há anos. Tive que ficar bem quietinha pois não tive coragem de dizer que nós não estudamos música quando vamos para escola no Brasil, eles estudam musica desde o primeiro ano. 😦

Simplesmente eu ficava cantando num tom mais baixo e acredito que consegui acompanhar. Descobri que trabalhava minha voz cantando no banheiro sem saber. Vi uma entrevista de Gal Costa uma vez falando que cantava no banheiro também e que usava uma panela para trabalhar os tons de uma forma diferente, acústica… criativo e bem barato.

O bom do coral é que sempre aprendo músicas novas nas quais não fazem parte do meu repertório normalmente e é sempre bom descobrir novos clássicos de Natal, de verão, etc… ainda não leio de carrerinha as notas mas sempre aprendo uma coisa outra.

Eu sou BEM sinestésica(aprendo melhor me movimentando) e adoro me movimentar quando canto… gosto de ter contato com o público, só que o canto com coral não é solo, tem o dirigente, o piano, o solista, os tenores, os barítonos, os sopranos e dependendo da parte da música você tem que aumentar ou diminuir a intensidade da voz, ou seja, as pessoas do Coral ficam com cara de vidraça pois é muita coisa para se concentrar e esquecem de sorrir, de olharem para o público, às vezes, até de se movimentar… claro, nosso coral é de “Amadores” mas um coral tradicional mesmo tem até coreografia, estralos de dedos, etc… dependendo da perfeição que queiram tem que treinar, treinar e treinar.

Esta pode ser uma atividade que me engajei para quebrar algumas barreiras na minha vida e estou adorando.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.