O Remo

A Wikipédia me diz que Remo é:

Remo é um desporto de velocidade, praticado em embarcações estreitas, nas quais os atletas se sentam sobre carrinhos móveis, de costas voltadas para a proa, usando os braços, tronco e pernas para mover o barco o mais depressa possível, em geral em rios, lagoas, enseadas ou pistas construídas especialmente para a prática da modalidade, mas por vezes também no mar.

Pode ser praticado em diferentes categorias, desde barcos para uma pessoa, duas, quatro ou oito. Cada remador pode conduzir o barco utilizando um ou dois remos dependendo do tipo de barco,ou controlar o leme por via de cabos ligados às sapatilhas(nome dado ao sítio onde o remador prende os pés). Alguns barcos ainda podem ter incluída a presença de um timoneiro responsável por dar o ritmo da remada aos atletas.

O remo é um desporto muito completo, quer do ponto de vista dos atletas envolvidos (todos os grandes grupos musculares), quer do ponto de vista da demanda fisiológica que supõe. Na verdade, trata-se de um desporto de resistência-força (aquilo a que os anglo-saxônicos chamam de “power-endurance sport”), ou seja, um desporto que exige níveis muito elevados de força muscular e de resistência à fadiga. Assim, os remadores são, usualmente, muito fortes e bem musculados e possuem uma muito elevada capacidade aeróbica, para poderem oxigenar a grande quantidade de massa muscular utilizada no seu desporto. A combinação destas duas características confere-lhes uma capacidade física singular, senão única.

Um aspecto interessante do remo é que este desporto tende a selecionar os atletas mais altos e com membros mais longos, porque estes conseguem mais facilmente obter um padrão de exercício de força mais continuado e prolongado na água (remada mais ampla). Assim, é raro encontrarmos, por exemplo nas finais das olímpicas, remadores com menos de 1,90 m de altura, havendo mesmo muitos com mais de 2,00 m. Dada esta característica do desporto, criou-se a categoria “peso leve”, para possibilitar a prática competitiva do remo a homens e mulheres mais próximos do padrão normal da população. Isto possibilitou um novo tipo de atleta , mais “compactos” com um grande rácio de peso/potência, propensos a regatas de sprint(regatas de 500m).

Bom, minha irmã mais velha tinha uma amiga de trabalho que remava no Sport Clube do Recife e que estava procurando uma parceira para fazer um time médio de 4 remadoras. O Remo Feminino naquela época não era tão popular. Lembro que minha irmã comentou sobre isto em casa e eu disse que queria tentar. Depois de muito esforço, ela me levou lá, todos me aprovaram e comecei a treinar na outra semana…

Acredito que eles estavam desesperados para achar mais uma candidata pois eu não tinha nada dos critérios de seleção, de ter uma boa estatura(altura) ou longos músculos que um remador deveria ter, até mesmo para a categoria de peso leve, na verdade, meu apelido era Pitoco(um pequeno botão)pois tinha 1,50m de altura(naquela época), pesava meus 50 kg e não conseguia carregar meu próprio barco. Eu tinha entre 15-16 anos de idade e as outras meninas eram mulherões comparadas a mim… tinham entre 22-36 e já eram adultas formadas… consegui pegar todo mundo 1 ano depois pois aumentava 1cm de altura e 1kg de musculatura por mês e peguei todas elas depois de um ano de treino. Madona perdia no requisito musculatura e boa forma quando se referia a minha forma física naquela época.

Não pagava nada para treinar no Sport clube, eles pagavam meu transporte público e só tinha que treinar entre 3-4 horas diárias, todos os dias, inclusive, sábados e domingos… eu AMAVA aquilo… minha cidade se diz ser a Veneza Pernambucana pois é cortada pelo Rio Capibaribe e eu tive o privilégio de cortar cada braço daquele rio. Ver as garças molhando as asas com os voos rasantes na água, o mangue, a vegetação praieira, um luxo… clima quente, bom, agradável.

Tinha seu Hugo, um argentino que consertava os barcos, cada um tinha seu barco Canoé e dividíamos entre nós barcos duos, triplos e quádruplos, dependendo do dia. Foi um tempo muito bom para meu crescimento pessoal, apesar da pouca idade… o contato com o rio, com pessoas mais velhas, responsáveis, disciplinadas…

A grade de treinamento era pesada mas muito saudável. Fazíamos natação, corrida, remo ergômetro, tipo: fazíamos um treino adicional mas o barco teria que ir para água diariamente. Nos finais de semana fazíamos competição e nossas competições eram contra os homens… só poderia participar de competições sérias quando começasse a ganhar dos rapazes.

Minha mãe sempre ficava preocupada com acidente e acredito que ela tenha sido um dos motivos pelo quais desisti do treino um ano depois… eu não tinha tempo para nada, minha vida era remar e ir para escola… era tanta pressão dos treinadores, clube, pais, que no final foi melhor desistir… minha liberdade pesou mais no final… valeu a experiência. Minha curiosidade de adolescente ganhou para a disciplina militar q exigia do atleta… depois disto tive uma vida normal e decidi fazer educação física na Universidade 2 anos depois.

O que levo comigo de bom daquela época é o amor ao esporte, gosto de me movimentar e estar ativa… tento motivar meus filhos a fazerem sempre alguma atividade e os danadinhos são bons no que eles fazem . Passei a Amar do fundo do meu coração a cidade de onde nasci, apesar de não morar lá há 16 anos… Fico sempre muito triste quando encontro os mochileiros ou as pessoas que se mudaram do Brasil, vejo uma legião de pessoas cuspindo no prato que comeram um dia e jogaram para trás quando se referem as suas cidades… mais consciência, People!

5 thoughts on “O Remo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.