Estado Meditativo

Meditação ou Dhyana quer dizer concentração e os dois devem caminhar juntos. Estes quando se fundem em um só é um processo ativo como o fluxo de um rio… costumamos entrar neste estado quando conseguimos assistir nossa própria respiração… É tanto um caminho quanto uma meta, um esforço ou/e um estado de percepção; Seu corpo passa a ficar mais alegre e a alegria significa que seu corpo está numa sinfonia, num ritmo sinfônico.

Simplesmente deixe seu corpo respirar por si só, ele saberá a hora certa quando precisar de mais oxigênio. Existem três níveis para a meditação perfeita, são eles:

  • Sentado(a)
  • Deitado(a)
  • Ativo(a) – em casa, na rua ou no escritório, suas atividades não precisam interferir na sua respiração. O relaxamento é a porta da Iluminação.

No Taichi aprendemos a usar o chacra Sacral para basicamente tudo e qualquer atividade que realizarmos ficará mais fácil se usamos esta força. Os mestres do Taichi descobriram que poderiam economizar a mesma quando se quebra a lenha, quando plantamos algo, etc.

Somos o verbo, a ação e jamais o pronome ou adjetivo. Seja o nado e não o nadador, seja o caminho e não o corredor, seja a dança e não o dançarino e assim você conseguirá chegar no estado meditativo sem problemas.

5 Coisas que Impedem as Pessoas de Vivenciarem o Estado Puro de Meditação

1) Concentração Excessiva

Muita concentração restringe e afunila a sua mente em um único objeto, e pode temporariamente trazer estados de maior felicidade e alívio, mas esse nível de concentração  infelizmente não pode ser mantido por muito tempo.

2) Metas e Expectativas

Este talvez seja um dos maiores obstáculos que impede a maioria das pessoas de atingirem um estado puro e profundo de meditação. Assim com o sono restaura o corpo e a mente, a meditação possui incontáveis benefícios cientificamente comprovados a nossa saúde.

3) Controle Excessivo

Este é talvez o bloqueio mais importante para ser dissolvido. Ele está na base de um estado de ser comum e medíocre, completamente regido pelo ego, totalmente em oposição a um modo mais autêntico e natural de ser. O ego está sempre tentando controlar e manipular todas as situações para seu benefício próprio.

4) Fingir

Ao sentar-se para praticar a meditação, é importante não fingir ser outra coisa senão o que você já é. Não adicione nada extra. Não vista sua consciência nua com acessórios. E principalmente, não pense “agora estou meditando”, isso é apenas mais um fingimento.

5) Falta de Confiança no seu Eu Verdadeiro

Este é o ponto crucial deste artigo. Se você não acredita que a sua natureza é essencialmente pura, sábia, intuitiva e divina, se torna realmente difícil abrir mão do controle e relaxar para ser quem você verdadeiramente é. (Retirado do site: Blog.spartancast.com.br).

Sodo disse:

“Depois de ter visto a lua, minha sombra volta para casa comigo.”

Tão silenciosa

Estou sozinho, só com minha sobra ao meu lado.

Quando já se viu este lindo mundo,

Podemos fazer uma viagem no seu lindo interior,

nem mesmo sombra.

Sua solidão será por completo.

Cada meditação será uma preparação para aproveitar a solidão que é simplesmente nossa natureza.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.