A Porta da Consciência: Conhece-te a Ti mesmo!

O que você vê quando se olha no espelho? Será que o que você vê é o seu verdadeiro EU? Milhões de pessoas vivem de acordo com o que elas veem no espelho e nós somos muito mais do que aquela simples imagem refletida nos revela. Pensamos que aquela imagem é nossa identidade, nosso nome, mas somos muito mais que imagens ou nomes, temos uma essência.

Precisamos ir mais a fundo para nos descobrir, precisamos fechar os olhos e olhar para dentro, precisamos silenciar, cada um precisa encontrar seu centro, seu ponto equilíbrio e precisamos fazer isto sozinhos, às vezes, começando a descobrir nossas sombras para assim dar espaço para a imensidão de luz que somos realmente… a chave é o caminho de dentro. Talvez este silencio interno seja encontrado através da meditação mais isso você vai descobrir sozinho(a)… só precisamos mudar o ângulo do nosso olhar, as perspectivas de como vemos as coisas.

Descobrimos que somos um com o todo, que não estamos sozinhos, que não somos nosso nome, nossa face, nosso corpo ou até mesmo nossa mente, que tudo é grandioso, abençoado e cheio de novidades.

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o Universo.” Esta frase indica que o primeiro passo para o verdadeiro conhecimento é nos conhecermos a nós próprios. Se queremos conhecer o mundo à nossa volta, devemos em primeiro lugar conhecer quem nós somos. O aforismo “Conhece-te a ti mesmo” está inscrito na entrada do templo de Delfos, construído em honra a Apolo, o deus grego do sol, da beleza e da harmonia… existem teorias que afirmam que a frase foi dita por Sócrates, Heráclito ou Pitágoras. Em grego (língua em que foi escrita), esta frase é gnōthi seauton; em latim é nosce te ipsum e em inglês é Know thyself.(retirado do site: significados.com.br).

O corpo em si não é nada mas, sim, que tipo de visitante ele tá levando. Procuramos comer saudavelmente, procuramos nossa missão na vida, procuramos ser o nosso melhor mas é nossa essência que vai dizer quem somos e como vamos transluzir esta força.

Estar no nosso centro é o verdadeiro segredo pois quando nos dispersamos deste, temos a tendência de focar no externo e lá não existirá felicidade, pois felicidade é um estado de espírito, na verdade a felicidade não é feita de coisas mas de sentimentos e quando existe coisas, essas não precisam ser tão grandes para nos fazer felizes… está nas pequenas coisas.

Temos uma tendência de olhar as coisas com profundidade, as árvores, os passarinhos, as pedras, as estrelas, a lua, o sol, dentro das pessoas, dos animais, quando estamos mais centrados em nós, mais harmônicos com o todo... as barreiras estão dentro de nós mesmos, só precisamos relaxar e tudo virá para nós.

Camus escreveu que o suicídio é um problema metafísico, pois só aderimos a ele quando nossa crença é limitada. Sem uma crença maior não existiria nenhum sentido em viver até os 94 anos, passar por misérias, problemas difíceis, etc… Uma pessoa de consciência vive em seu corpo, ama seu corpo, celebra ele mas este não é seu corpo, ele é mais do que isso… assim, não existirá medo, busca, incerteza e tudo é só encontro.

Precisamos ter mais fé, aumentar nossa capacidade de percepção para sabermos que somos um com o todo e que somos especiais cada um do seu jeito… falo da fé verdadeira, sem dogmas, ilusões ou farsas… da sua verdadeira FÉ.

Deixo aqui um vídeo de 5 min falando de Camus e do ritmo: Lo-Fi HipHop:

One thought on “A Porta da Consciência: Conhece-te a Ti mesmo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.